Serviços / Projetos

Projeto Aromas na escola

Uma parceria entre a Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri) e a Famcri realiza um trabalho com hortas escolares pode ultrapassar o aprendizado sobre as técnicas de plantio, manejo do solo, cuidado com as plantas e incentivo à alimentação saudável. Uma horta voltada à “alfabetização ecológica”, a proposta deste projeto, passa a ser não só um local para produção de alimentos sem agrotóxicos, mas também para observar os ciclos e fluxos dos ecossistemas, onde se percebe que na natureza o resíduo de uma espécie é o alimento da outra, onde se reconhece o sol como fonte essencial de energia, se aprende sobre os processos metabólicos, se percebe a inter-relação existente entre todos os ecossistemas que, mesmo sendo redes completas, se aninham dentro de outros, estabelecendo relações mais amplas, continuamente.
O conceito de “alfabetização ecológica” que vai além da educação ambiental como disciplina escolar, extrapolando o pensamento em termos de relações, padrões, processos e contexto.
Para alcançar este propósito, o de alfabetizar ecologicamente a comunidade escolar, é que estamos propondo um trabalho que será executado durante o ano escolar. Cada escola apresenta uma realidade diferente da outra, tanto em relação ao quadro funcional, às séries envolvidas, à organização da alimentação, quanto à própria área disponível. Estas diferenças poderão alterar o grau de envolvimento e desenvolvimento do projeto. No entanto, independente da condição de cada escola, as ações norteadoras serão divididas em quatro áreas:
* Cheiro de Terra: saúde do solo, compostagem e cores da terra;
* Cheiro de Comida: nutrição, cultivo de hortaliças, frutíferas e plantas aromáticas;
* Cheiro de Flor: plantio de flores e ornamentais;
* Cheiro de Chá: resgate e cultivo de plantas bioativas;

Voltar